Hortelã

É uma planta originária da Ásia mas há muito cultivada em todo o mundo, devido às essências aromáticas presentes em toda a planta, principalmente nas folhas. É utilizada como tempero em culinária, como aromatizante em certos produtos alimentares, ou para a extracção do seu óleo essencial. Por vezes, simplesmente cultivada como planta ornamental.
É também utilizada como planta medicinal, facilita a digestão, combate a formação de gases, de cálculos da vesícula e vómitos. No aparelho respiratório favorece a expectoração e impede a formação de mais mucos. É um bom remédio para a laringite.
A hortelã é indicada nos espasmos do estômago e cólicas intestinais e biliares. É ainda excelente para obter um hálito refrescante, mastigando-se a folha.

- Placas de esférovite (242)
- Vasos

Plantação: Na Primavera ou no Outono.

Luz: 1/2 sombra

Solos: Frescos, húmidos e férteis.

Temperatura: Clima temperado, tolerante ao frio e ás geadas.

Rega: A Menta é exigente em água embora não tolere o encharcamento. Regar logo após a colheita para favorecer os crescimento durante o Inverno

Adubação: periódica

Pragas e doenças: Ácaros, lagartas de noctuídeos e afídeos. Verticillium dahliae,
Puccinia menthae (ferrugem) e oídio.

Colheita: No início da floração.

Conservação: Secar na sombra num local bem ventilado.